Sporting afirma que "Rui Costa, Vieira e Paulo Gonçalves" fizeram uma espera a Soares Dias

Assegurando que a cena "foi testemunhada por delegados da Liga", o clube de Alvalade aguarda que, com base nos relatórios (incluindo o do juiz), o CD atue. Ou "será forçado a apresentar queixa"


Artur Soares Dias, árbitro que no sábado à noite dirigiu o Sporting-Benfica no Estádio José Alvalade, foi, segundo denunciaram ontem os leões, "apertado" por altos responsáveis dos encarnados no túnel de acesso aos balneários, nos primeiros instantes do período de intervalo, em consequência de algumas tomadas de decisão na etapa inicial que desagradaram.


"Luís Filipe Vieira [presidente], Rui Costa [administrador] e Paulo Gonçalves [assessor jurídico] fizeram uma espera ao árbitro para lhe pedirem satisfações por alegados penáltis não assinalados a seu favor", acusou o clube verde e branco pela pena do seu diretor de comunicação, num post no Facebook. Haverá, aliás, imagens da ocorrência, captadas pela câmara interna apontada à boca do túnel, apurou O JOGO, e é também com base nesse registo que o Sporting fundamenta a sua acusação, que, no entanto, é refutada liminarmente por fonte oficial do Benfica contactada por este jornal.

"A cena de coação e intimidação, habitual nestes protagonistas, como foi por exemplo relatado em Paços de Ferreira, foi testemunhada pelos delegados da Liga presentes em Alvalade", detalhou Nuno Saraiva no seu escrito, informando ainda que o Sporting "aguarda o relatório do árbitro e dos delegados, bem como a reunião do Conselho de Disciplina, para então decidir se será mais uma vez forçado a apresentar queixa junto deste órgão".

Confrontada com a revelação e incriminação feita pelo diretor de comunicação leonino no dia seguinte ao duelo que terminou empatado (1-1), fonte oficial dos encarnados foi perentória e curta de palavras no repúdio: "Isso é falso. É mais uma invenção do Sporting."

Ao intervalo, onde os leões entendem ter assistido a "uma cena de intimidação" em torno de Artur Soares Dias - que até terá sido interpelado por um elemento da equipa técnica do Sporting -, os encarnados, apurou O JOGO, consideram ter presenciado "um momento normal", com "conversas de circunstância" típicas de qualquer jogo.

Os responsáveis do futebol do Benfica "estranham" que "só um dia depois do jogo" o Sporting tenha tornado público o que descreve como "incidente", vendo nesse "ataque" uma "tentativa de arranjar confusão" e "desviar atenções", em face de mais um resultado que furou os objetivos desportivos dos verdes e brancos, que, numa temporada de forte investimento no plantel principal, parecem condenados a terminar a I Liga na terceira posição.

@Jornal OJOGO
Share on Google Plus

Sobre Cortina Verde

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: