Nuno Saraiva fala de "proteção" do IPDJ ao Benfica

Diretor de comunicação do Sporting acusa o clube da Luz de "violação clara da lei" ao apoiar "grupos de adeptos não-organizados".


Nuno Saraiva desmente que o Sporting distribua uma “cartilha” aos comentadores, em resposta a notícias avançadas, esta segunda-feira, pela imprensa nacional.

Falando à Sporting TV, o diretor de comunicação do clube de Alvalade sublinha que “há uma diferença substancial e objetiva entre comunicação organizada, cartilha e guerrilha” e que o clube se limita a fazer “chegar aos sócios, alguns deles comentadores, outros membros dos órgãos sociais, informação relativa a assuntos relevantes do Sporting”.

“Em nenhum ponto destas comunicações aos associados, se consegue ler qualquer tipo de indicação ou de recomendação para que se insultem pessoas, para que se denigra o carácter, para que se lese as pessoas, para que se minta e deturpe a verdade dos factos, ao contrário do que acontece na tal cartilha que, segundo tem vindo a ser dito, é elaborada pelo senhor Carlos Janela”, atirou.

Nuno Saraiva acusou, ainda, o Benfica de beneficiar “da complacência e da proteção de um instituto público durante vários meses”, apontando o dedo a Vítor Pataco, membro do Conselho Diretivo do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), e “sócio do Benfica”.

“Estamos a falar de um processo que data de 10 de outubro de 2016. Basicamente, diz o instrutor deste acórdão nesta proposta de punição para o Benfica que são dados como provados factos que apontam para a concessão de apoios aos grupos de adeptos não-organizados do Benfica – chamemos-lhes assim porque não estão legalizados… São as claques do Benfica, nomeadamente os Diabos Vermelhos e os No Name Boys”, começou por dizer.

“Trata-se de um exemplo da violação clara da lei, segundo a qual as claques não-legalizadas não podem beneficiar de qualquer tipo de apoio, seja ele logístico, financeiro, de bilhética, seja o que for. Aquilo que este processo revela é que o Benfica beneficia ou beneficiou de complacência de um instituto público, da protecção de um instituto publico durante vários meses”, rematou.

Por Carlos Pereira Fernandes
@Noticias ao minuto
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.