Nuno Saraiva exige ação dos órgãos sociais contra “sportinguistas híbridos”

Diretor de comunicação social do Sporting utilizou as redes sociais para dar eco ao apelo do presidente.


Nuno Saraiva afirmou que está à espera de uma ação dos órgãos sociais contra os “sportinguistas híbridos” revelados por Bruno de Carvalho. Através do Facebook, o diretor de comunicação dos ‘leões’ fez uma publicação em que dá eco à questão levantada pelo Presidente do Clube.

“Quando, a 1 de novembro de 2016 em pleno período pré-eleitoral, o Presidente do Sporting Clube de Portugal denunciava uma “pequena franja de híbridos sportinguistas” dispostos a vender “a alma ao diabo” para destruírem tudo aquilo que tanto custou a conquistar, meio mundo indignou-se porque, tal como São Tomé, as pessoas são crentes apenas quando vêem.

Hoje, Bruno de Carvalho apresentou uma prova dessa ligação estreita e promiscua entre os ditos “híbridos sportinguistas” e comentadores encartilhados que, na altura, tinha por objetivo a manipulação e intromissão abusiva na vida interna do Sporting CP, sob a orientação expressa de Luís Filipe Vieira. Para que fique claro, estou a falar de João Paiva dos Santos e da partilha de informação interna do nosso Clube a Pedro Guerra – o tal que garante não ser funcionário mas que tem endereço de email com domínio registado na Luz e só acessível aos assalariados do Benfica – a troco da satisfação da sua agenda pessoal que tinha por único objetivo denegrir a imagem do Presidente e do Sporting CP.

Espero, sinceramente, que os órgãos disciplinares do nosso Clube sejam implacáveis com este tipo pessoas. E espero também que, os indignados de então, percebam de uma vez por todas que estamos sob permanente ameaça, mesmo dentro da nossa casa.”, pode ler-se na página de Nuno Saraiva.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.