João Rocha, o primeiro treinador de Rui Patrício:«Sporting nunca perdeu o Rui de vista»

Pé esquerdo no meio-campo e mãos seguras na baliza


Durante anos, “mais do que treinar os miúdos”, João Rocha “trabalhava para formá-los”. “Era um educador e graças a isso ganhei amigos”, recorda. Rui Patrício, guarda-redes do Sporting, é um deles.

João Rocha, tal como o guardião leonino, também começou a jogar à bola no Sport Clube Leiria e Marrazes. Depois, começou a treinar e estava nas escolas do clube quando, em 1997, Rui Patrício entrou para o grupo.

Alto, corpulento, com um bom de pé esquerdo, lembra o antigo treinador, tanto jogava a defesa como a médio. Num torneio de Páscoa, em Alcobaça, era preciso alguém para a baliza, Rui Patrício foi o escolhido e mostrou ter mãos seguras. Foi também nesse dia, a 11 de abril de 1998, que despertou a atenção de Carvalho, antigo guarda-redes do Sporting, que assistia ao torneio. “Não percam o miúdo de vista”, disse.

“Quem nunca o perdeu foi o Sporting, que andou atrás dele. Dois anos depois estava a jogar lá. Treinava uma vez aqui e outra em Alvalade”, conta João Rocha, de 68 anos. O treinador continua a acompanhar a carreira do guarda-redes e avalia, positivamente, a época do jogador leiriense. “Melhor só se for para um clube grande europeu”, afirma.

Por Marina Guerra
@JN.PT


Share on Google Plus

Sobre Cortina Verde

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: