Fernando Mendes: «Sporting com favoritismo e todos a ajudar Bas Dost!»

Antigo jogador otimista para o dérbi de sábado


RECORD - Quais as melhores memórias que guarda do seu primeiro dérbi?

FERNANDO MENDES - Foi um Sporting-Benfica, 0-0, em 1985 [21 de dezembro]. Devia ter os meus 18 anos. Ambas as equipas tinham excelentes jogadores, de Seleção. Não eram jogos fáceis, mas estava preparado devido aos anos que estive na formação. Apanhei logo o Diamantino pela frente, um craque. Mas sempre fui muito elétrico, viesse quem viesse!

R - E quais as piores?

FM - Os ‘quartos’ da Taça de Portugal [12 de março de 1986], em que perdemos 5-0, na Luz. É sempre marcante uma derrota dessas.

R - Qual o dérbi que mais o marcou e porquê?

FM - Os 7-1, evidentemente [vitória do Sporting, a 14 de dezembro de 1986, na 14ª jornada]. É um resultado ‘anormal’, onde o Manuel Fernandes fez um póquer, que também não é habitual. São memórias fantásticas, num jogo que fica para a história. Outro assim só daqui a 100 anos.

R - E já agora, quem ganhará o dérbi de sábado?

FM - O Sporting tem ligeiro favoritismo. Em Alvalade tem todas as condições para ganhar, mas não vai ser fácil. Se possível, com mais uns golinhos do Bas Dost, estão todos a ajudá-lo. Bota de Ouro? Seria fantástico para o futebol português, mas é muito complicado.

@Jornal Record
Share on Google Plus

Sobre Cortina Verde

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: