Alan Ruiz na melhor forma de sempre e preparado para o Derbi

Demorou, mas chega ao duelo com as águias na melhor série como titular


Rendimento disparou no Porto e, em véspera de dérbi, o argentino está a um golo do melhor registo da carreira numa época. Jesus vê-o como parte da “melhor dupla de avançados em Portugal”


Alan Ruiz já fez mais e melhor nos últimos dois meses no Sporting do que nos primeiros seis, daí que tenha à sua espera o primeiro clássico em Portugal na condição de titular, no próximo sábado, pelas 20h30, no José Alvalade, frente ao Benfica. E foi precisamente desde o último duelo equivalente em que participou, então perante o FC Porto, no passado dia 4 de fevereiro, que o argentino acentuou a sua tendência evolutiva e, paralelamente, a sua afirmação na equipa titular, atingindo de momento o epiteto de intocável no elenco inicial que Jorge Jesus tem vindo a escolher.

Os números comprovam a ascensão do dianteiro canhoto contratado ao Colón de Santa Fé por 8,8 milhões de euros, relativizando a verba despendida face ao rendimento apresentado na ponta final de temporada. É que em oito jogos, desde o clássico do Dragão em que saltou do banco de suplentes ao intervalo para apontar o golo leonino e, sobretudo, rubricar uma exibição de qualidade que colocou os homens de Jesus próximos da igualdade negada nos descontos por Casillas, Alan Ruiz foi sempre titular – exceção ao duelo da 25.ª jornada da Liga, frente ao Estoril, devido a castigo por acumulação de cartões amarelos. Mais: apontou cinco golos e viu a sua média de utilização passar para os 76,12 minutos por jogo, num total de 609 efetuados. Antes disso, em jogos da Liga, durante seis meses, foi chamado para 12 desafios, totalizando 691 minutos de jogo, uma média de 57,33 por encontro.

Certo é que o camisola 99 junta a estes dados o facto de estar a um golo de registar a sua melhor temporada enquanto profissional de futebol, já que o anterior máximo de tiros certeiros tinha sido obtido no Colón em 2016. O criativo argentino conta com sete golos em todas as provas disputadas, em 24 jogos realizados, quando no anterior emblema que defendeu alcançou a mesma quantidade em nove jogos. Denotando uma evolução tática assinalável no apoio ao goleador Bas Dost, que já levou Jorge Jesus a considerálo como um dos rostos da “melhor dupla de avançados do futebol português”, Ruiz tem garantido um lugar entre os onze que vão receber o rival Benfica com o propósito de ainda alcançar a segunda posição na Liga, que ditará o apuramento direto para a fase de grupos da Liga dos Campeões da próxima época. Recorde-se que este será o terceiro clássico do argentino em Portugal, depois de se ter estreado na Luz com 30 minutos, que mereceram reparos no relvado de Jesus, e ter apontado o referido golo no Estádio do Dragão em 45 minutos contra o FC Porto.

Por Rui Miguel Gomes
@Jornal ABOLA
Share on Google Plus

Sobre Cortina Verde

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: