"Um candidato ao Sporting não pode atacar os ativos, isso é o papel dos rivais" - Bruno de Carvalho

O atual presidente do Sporting comentou a ainda as escolhas de Madeira Rodrigues para o futebol da equipa principal: Juande Ramos, Lazlo Boloni e Delfim.


Bruno de Carvalho já respondeu a Pedro Madeira Rodrigues. O candidato da Lista B às eleições do Sporting criticou o seu rival por este, alegadamente criticado Jesus.

"Ele [Madeira Rodrigues] já desvalorizou todos os ativos do Sporting. Já disse que existe o Sporting Clube de Carvalho, rotulando milhões de pessoas, já ofendeu um sócio cinquentenário à frente das câmaras, diz que já não temos as assistências que temos em Alvalade, diz que o nosso treinador não presta... Uma pessoa que quer ser candidata não pode fazer isto, isso é o papel dos rivais! Criou uma desestabilização total a falar do episódio de Chaves, que os delegados da Liga já afirmaram ser falso. Este senhor pega em falácias do clube rival para dizer baboseiras", disse, Bruno de Carvalho, em entrevista à Sporting TV.

Quando faltam dois dias para as eleições no clube leonino, Bruno de Carvalho não tem dúvidas: a candidatura de Madeira Rodriguês tem o apoio da Doyen.

"Vamos deixar de tolices. A equipa é péssima e eu conheço a de ginjeira. É lógico que a Doyen está por trás disto. Ricardo Pina Cabral foi a porta de entrada da Doyen no Sporting", acusou o dirigente.

O atual presidente do Sporting comentou a ainda as escolhas de Madeira Rodrigues para o futebol da equipa principal: Juande Ramos, Lazlo Boloni e Delfim.

"Juande Ramos fez um vídeo tétrico. Que projeto tão magnífico é este que as pessoas, estando no desemprego, não pegam no projeto já? Em três meses, os jogadores iriam ter três treinadores: Jorge Jesus, Boloni e Juande Ramos. Isto é andar a brincar ao futebol. Vários agentes telefonaram-me a dizer que andavam à procura de um treinador para o Sporting... mas para a Lista A", comentou, BdC, que falou depois das escolhas de Boloni e Delfim.

"Boloni disse que não sabia como faria o Sporting campeão, porque tinha de tomar conhecimento da atual realidade, que Jorge Jesus era um excelente treinador, desapareceu, nunca mais apareceu. Depois trouxe Delfim, que ao fim de dez anos se lembrou que sofreu uma lesão gravíssima e pôs o Sporting em tribunal", terminou.

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.