Salema Garção lamenta campanha de «chavões, banalidades e insultos»

Miguel Salema Garção, ex-dirigente do Sporting, criticou o facto de os temas de verdadeiro interesse para o clube não tenham sido debatidos durante a campanha eleitoral.


«A campanha eleitoral, no meu entender, infelizmente, foi muito pouco esclarecedora nas questões programáticas essenciais para o próximo mandato. Desde a estratégia desportiva, atividade core do Sporting Clube de Portugal, passando pelo plano económico e financeiro e pelas atividades de suporte, tais como, infraestruturas e novas tecnologias, comunicação, marketing, new media, expansão e internacionalização não foram devidamente apresentadas e debatidas», disse a A BOLA.

«Esta foi uma campanha de “chavões”, “banalidades” e “insultos” que em nada valorizou o Sporting Clube de Portugal e os próprios candidatos, excluindo a lista candidata ao Conselho Leonino que manteve um discurso positivo e de elevação. Espero e desejo que os sócios do Sporting acorram em massa às urnas dando mais uma prova de enorme vitalidade do Clube», referiu.

@ABOLA.PT
Share on Google Plus

Sobre Carlos Martins

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.