Jovane e companhia asseguram futuro risonho

Menino da "Cantera" brilhou no Estádio do Mar


À lei da bomba. Jovane Cabral, 18 anos, entrou com estrondo na história da 2ª Liga apontando o primeiro golo da carreira e oferecendo ao Sporting B a quinta vitória consecutiva depois de três meses (!)… sem ganhar.

Com 1-1 no placard e quando tudo parecia encaminhar-se para o empate, Jorge Sousa, ‘pai da crise’ leonina segundo Jorge Jesus, apitou falta a favor dos leões. Destemido, Jovane agarrou-se à bola e tomou o livre de assalto. A meio do meio-campo, a distância para a baliza desaconselhava o remate. E foi isso que lhe foi comunicado a partir do banco. Jovane não quis saber. Melhor: nem ouviu, tal a vontade de ajudar dali mesmo.

As gentes do Mar sustiveram a respiração, preocupadas por verem o ponto em perigo. Jovane não fez caso do sofrimento. Tomou balanço, encarou a baliza, correu e estoirou forte e colocado. Para o fundo das redes. Em êxtase, correu para trás e para a frente, para um lado e para o outro, sem destino por um bom par de segundos. Até que se lembrou de quem o ‘espicaçara’: Francisco Barão, 59 anos, velha glória leonina, adjunto do Sporting B há quatro épocas.

Barão não duvidava da capacidade de Jovane resolver o jogo quando Luís Martins o lançou em campo, poucos minutos antes. O técnico fez questão de ‘picar’ o extremo, apostando um jantar em troca de um golo. Música para os ouvidos deste extremo talentoso. A festa de Jovane foi a mais pura demonstração de felicidade, uma explosão de alegria pelo primeiro golo enquanto profissional, proeza de quem deixou Cabo Verde há três anos para tentar a sorte no clube que ama de coração.

Prioritário: Perante o risco de despromoção, a SAD decretou prioridade à recuperação classificativa. João de Deus foi demitido e BdC convidou Luís Martins a acumular funções com as de coordenador técnico da formação verde e branca

Retoma: Quando Martins assumiu, o Sporting B era penúltimo, 5 pontos abaixo da ‘linha de água’. Um empate e 5 triunfos depois, eis o 12º lugar, com 8 pontos acima da zona de descida

Emergência: A equipa foi reforçada com novo treinador e jogadores capazes de fazer a diferença. André Geraldes e Gauld passaram a jogar sempre; Rafael Barbosa voltou do União, Francisco Geraldes já foi ‘reforço’ e Esgaio tem sido trunfo importante

Joker: Matheus Pereira foi titular pela equipa principal nos últimos dois jogos, depois de se ter relançado pela equipa B. Marcou a D. Aves e Cova da Piedade, mas já tinha feito 4 golos com João de Deus

Estrela: Gelson Dala, goleador do Girabola’ 2016, também foi reforço de inverno e já leva 3 golos

@Record.pt
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.