Jaime Marta Soares defende presidente: "Foi um grito de revolta"

Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral (AG) do Sporting, desvalorizou esta quarta-feira as críticas apontadas a Bruno de Carvalho por ter usado a palavra "bardamerda" na noite de eleições.


"Bardamerda para todos os que não são do Sporting", disse o presidente leonino no seu discurso no passado dia 4, após a reeleição. A expressão causou polémica e a instauração de um processo disciplinar a Bruno de Carvalho por denúncia do Benfica.

"Sabemos que uma das marcas da personalidade de Bruno de Carvalho é a irreverência", afirmou Jaime Marta Soares antes da tomada de posse da Direção e Órgãos Sociais do clube.

O presidente da Mesa de AG justificou a expressão usada como "um grito de revolta", referindo que "as palavras são muitas vezes mal interpretadas" ou "interpretadas de acordo com os interesses de quem interpreta". Sobre o processo a Bruno de Carvalho, Marta Soares garantiu: "Estamos preparados para enfrentar. Não é isso que vai fazer com que ele mude de rumo".

Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens
@Jornal OJOGO
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.