Francisco Geraldes elogia a classe de David Silva.

Dissertação do médio do Sporting sobre o talento do espanhol


Francisco Geraldes já deu, várias vezes, provas de ser um jogador diferente. E não é a primeira vez que usa as redes sociais para falar de futebol sem os lugares comuns habituais no meio. Este domingo, esteve certamente a assistir à vitória do Manchester City sobre o Sunderland e, no final, deu conta de um pormenor que o cativou: o talento de David Silva. Exemplificando com o passe para o golo de Sané, Geraldes escreveu que o espanhol está naquela percentagem que não é superior a um por cento dos génios.

"A cada toque na bola sente-se a genialidade de Silva.
No preciso segundo em que vai fazer o passe ( para o golo de Sané ), a bola salta num tufo de relva.
Reflexões sobre a normal sequência do lance em 99% dos casos :
1- No momento do passe a bola bate na canela, por isso a jogada seria infrutífera.
2- Mais 1/2 toques para colocar a bola de volta onde ela pertence, e aí dar tempo para a defesa do Sunderland se ajustar."

"No outro ponto percentual encontram-se todos os Silvas.
Salte ou não salte; com pressão ou sem pressão; com chuva ou com sol; a bola sai redondinha, com uma precisão e força tão precisas que mais parece uma tacada do O'Sullivan."

@Maisfutebol.iol.pt
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.