Eleições no Sporting "não deviam ter sido marcadas" - Luis Duque

Ex-dirigente dos leões diz que o processo eleitoral foi marcado para uma fase importante e difícil da época.


Luís Duque, ex-presidente da SAD e ex-diretor desportivo do Sporting, declarou esta quinta-feira que não aceita que se diga que o clube está a ser prejudicado com o processo eleitoral.

"Não aceito que se venha dizer agora que as eleições, por quem as marcou, dizer que o momento eleitoral está a prejudicar o clube, que está a prejudicar a vida do clube. Quando se marcam eleições, tem que se pensar nisto. Se marcamos eleições para discutir projetos e para discutir pessoas, é óbvio que se corre o risco de vir a afetar a vida normal do clube. Ou o clube já tinha ganho o campeonato, e as coisas estavam pacíficas, ou se as coisas estivessem ainda em alguma encruzilhada, era óbvio que ia causar alguma perturbação essa discussão. Não deviam ter sido marcadas", aponta Luís Duque.

O ex-dirigente do clube de Alvalade relembra também que esta não é uma situação nova e que esta altura do ano não é a correta para fazer decisões.

"Isto não é de agora, eu já disse isto há uns anos, quando foram umas eleições e também nas últimas em que participei, já voltei a definir esta questão. Não é do momento. É difícil nesta altura comprometer-se com treinadores, é difícil podermos, antes de a época estar terminada e antes de sabermos o seu resultado, podermos anunciar o que mudamos e o que não vamos mudar, se é que vamos mudar alguma coisa, o que é que podemos ou não podemos melhorar, sem saber aquilo que realmente está no balanço, que só se faz no final da época desportiva, não se fazem balanços a dois meses de acabar a época", acrescenta.

Foto: Gustavo Bom / Global Imagens
@TSF.PT
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.