Adeptos do Leeds divididos em relação a Sacko

Leeds United: Como resolver o problema Sacko?


Os adeptos do Leeds United são bastante perspicazes e capazes de “tirar a pinta” aos jogadores da sua equipa. Ao fazê-lo são capazes de distinguir no seu plantel os bons dos não tão bons. Neste momento, não há jogador que divida mais as opiniões que o jovem francês Hadi Sacko, emprestado pelos portugueses do Sporting, com uma alegada cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Estes adeptos britanicos do Leeds vêm coisas boas naquilo que o jovem extremo frances trouxe para os seus lados, mas também coisas que os tiram do sério. Chegou antes de uma série de jogos de pré-época na Irlanda, espreitando na última fila da foto de grupo do plantel, o que levou os fâs do Leeds perguntar-se “quem é o gajo lá atrás com o risco amarelo no cabelo?” O nome Hadi Sacko rapidamente motivou buscas no Google e visualizações de vídeos de “melhores momentos” no Youtube. A primeira coisa a saltar à vista é que o moço sabe-se mexer, e muito rapidamente. E isso foi algo de extremamente positivo que o emprestado do Sporting trouxe aos "White" de Leeds, a sua capacidade de explosão permite-lhe ultrapassar os defesas em corrida, e não há muitos defesas que o consigam acompanhar.

E era por isso que os adeptos do Leeds ansiavam, um extremo genuíno, veloz. Rapidamente surgiram comparações com o Marfinense Max Gradel, o último extremo realmente de boa qualidade que vestiu a camisola do Leeds United. Esperou-se que Hadi Sacko conseguisse fazer esquecer Gradel e de certo modo conseguiu cumprir com as suas expectativas. Os adeptos do Leeds viram a sua velocidade e capacidade de drible, é o jogador da equipa com mais fintas conseguidas até ao momento da temporada – 59, mais oito que as feitas na época passada por Lewis Cook. É a tal coisa...a sua velocidade explosiva fá-lo ultrapassar defesas, a espaços, e também permite ao Leeds adiantar-se, por vezes, no terreno. Como jogador do ataque, era isso que lhe era exigido.



Olhemos para o empate a zero com o Queens Park Rangers, que dominou a batalha do meio campo. Sacko entrou aos 60 minutos a substituir Kemar Roofe, e trouxe ao Leeds um pouco de capacidade de explosão que estava a fazer falta na partida. Nos 30 minutos em campo, fez 16 tentativas de passe, uma mais que as feitas por Kemar Roofe nos 60 minutos de jogo. Também emprestou à equipa acutilância ofensiva, uma vez que 11 dos 16 passes feitos foram para o ultimo terço do terreno. Isto é o que de positivo os adeptos do Leeds vêm, mas há inconsistências que também apontam rapidamente.

E nada resume isso melhor que este post colocado numa rede social por um fã do Leeds: “na minha maneira de ver, o gajo tem velocidade de trovão mas a habilidade e visão de jogo de um hipopótamo.” Esta comparação pode ser um pouco injusta, mas traduz o sentimento generalizado. É o que realmente chateia os adeptos do Leeds, que após a finta e facilidade de se livrar do opositor directo a capacidade de decisão e o último passe sejam tão fracos, “pólvora seca” se quisermos ser simpáticos ou “desastroso” se formos verdadeiramente críticos.

É como se todo o bom trabalho se desvanecesse pela inconsistência do seu futebol. Há características do seu futebol que chateiam verdadeiramente os adeptos do Leeds, e à cabeça estão o último passe e capacidade de decisão. Mas os fãs do Leeds têm de ser realistas -e alguns são- e perceber que se Hadi Sacko valesse 60 milhões e fosse um extremo “topo de gama”, nunca na vida aterrava por empréstimo em Elland Road. Poderão os defeitos de Hadi Sacko ser polidos e o seu jogo tornar-se mais consistente?



É jovem, só tem 22 anos, certamente ainda é possível. O problema é que se tal acontecer já não será no Leeds, a não ser que o Sporting não se importe de voltar a emprestar o jogador e a equipa técnica do Leeds, depois do que viu, queira voltar a tentar a sua sorte. Na realidade não é muito provável. Os adeptos do Leeds dificilmente voltarão a ver Hadi Sacko depois de terminar. A não ser no Youtube.

Agradecimento: João Massapina
Artigo original por Graham Smeaton
@the72.co.uk
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.