Voleibol e Miguel Maia desejados em Alvalade

«Já tive várias conversas com o Miguel Maia sobre a possibilidade de o voleibol regressar ao Sporting. É um desejo antigo que gostaria de concretizar» - assumiu Vicente de Moura.


Extinto em 1995, durante o mandato de Pedro Santana Lopes, a verdade é que o voleibol tem história e tradição no Sporting, clube que conquistou cinco títulos nacionais da I divisão, três Taças de Portugal e três Supertaças. «Se for reeleito para novo mandato, tenho a intenção de fazer regressar o voleibol ao lote de modalidades oficias do clube. A ideia é recomeçar pela III Divisão já na próxima temporada, apostar na formação de jogadores e convidar o Miguel Maia para coordenar a nova secção» adiantou Vicente de Moura.

Miguel Maia, contactado pelo nosso jornal, confirmou as conversas mantidas com Vicente Moura, salientando, porém, ainda não haver nada de concreto.

«É verdade que já tivemos algumas conversas, contudo não ficou nada definido. Mas é claro que seria muito bom para a modalidade o voleibol regressar ao Sporting. Todos tínhamos a ganhar com isso, tanto em termos mediáticos, como desportivos. E os actuais regulamentos federativos até permitem que o Sporting regresse através do principal escalão», admitiu Maia, de 45 anos, distribuidor ainda no activo e figura maior do Sporting de Espinho, aludindo ao facto de as normas federativas permitirem a reinscrição de uma equipa na divisão maior do voleibol, desde que já tenha disputado ou apresente atletas com pontos ganhos nessa divisão. «Fui tricampeão nacional da I Divisão pelo Sporting entre 1991 e 1994 e sou adepto do clube», reforça o também olímpico do voleibol de praia, sobre as ligações ao clube de Alvalade.

@Jornal ABOLA
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.