Doyen: «Não participamos nas eleições do Sporting»

O diferendo entre a Doyen e o Sporting tem a ver com a transferência de Marcos Rojo para o Real Madrid


Grupo garantiu nada ter a ver com as eleições do Sporting, depois de o presidente fazer considerações sobre Ricardo Pina Cabral, que consta da equipa do candidato Pedro Madeira Rodrigues

Através do seu Twitter oficial, a Doyen Sports reagiu na noite deste domingo às palavras de Bruno de Carvalho, proferidas também este domingo no Núcleo Sportinguista de Vendas Novas, insinuando que o seu rival Madeira Rodrigues teria na sua equipa um elemento afeto à Doyen [Ricardo Pina Cabral].

A Doyen declarou que "não conhece o candidato Madeira Rodrigues nem participa direta ou indiretamente em eleições". E foi mais além: "Bruno de Carvalho, referindo-se à Doyen, deveria antes preocupar-se em arranjar fundos para cumprir ordens de diversos tribunais. Enquanto isso, os juros correm a nosso favor. Obrigado."

A empresa quis assim lembrar Bruno Carvalho que ainda não foi paga pelo caso que ganhou aos leões, relativo a Marcos Rojo, leia-se 15,6 milhões de euros, acrescidos de juros de 0,5% por cada mês de atraso, pela transferência do argentino para o Manchester United, mesmo depois da condenação ratificada pelo Tribunal Federal Suíço.

@Jornal OJOGO
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.