«Clubes como o Sporting têm de vender jogadores» - Figo

Bem disposto, Luís Figo está no Principado como único português que consta da restrita lista com 60 nomes de embaixadores dos Laureus. 


O antigo internacional português mostrou estar atento ao que se passa no seu País e no seu clube, mas, politicamente correto, não quis fazer grandes comentários ao momento eleitoral por que passa o Sporting e à disputa que Bruno de Carvalho trava com Pedro Madeira Rodrigues. «Não vou opinar sobre as eleições, é um momento quente. Está quente, vou deixar esperar que as coisas aconteçam», justificou.

Difícil é encontrar uma explicação para a falta de resultados em Alvalade, que deixou o clube lisboeta tão longe dos rivais Benfica e FC Porto. «Quando se está numa situação financeira difícil e se aposta em diferentes contratações, tem-se um gasto importante e se não se têm resultados que acompanham esse investimento, é mais duro. Mas acho que o mais importante é tentar reduzir as dívidas financeiras. Sempre tentando conseguir os resultados desportivos. É um equilíbrio que não fácil de encontrar e conseguir», considerou o antigo jogador, que além do Sporting, representou Barcelona, Real Madrid ou Inter.

E se não há milagres no universo futebolístico nacional...: «Clubes como o Sporting e campeonatos como Portugal, quando não há tantas fontes de rendimento a não ser bilheteira, sponsors e Champions fica-se reduzido ao investimento que possa ser feito. E para clubes como o Sporting, se não forma jogadores que possa vender durante o ano, é difícil equilibrar as contas.»

Foi o que o Sporting fez, por exemplo, com João Mário, uma das joias da coroa leonina que, para Figo, tem um enorme potencial: «A margem de crescimento do João é altíssima, é um jogador com muita qualidade mas que pode melhorar ano após ano. E como é um grande profissional dará muitas alegrias aos tiffosi do Inter.»

Apesar de o Sporting estar longe de poder intrometer-se nas contas do título, Figo gosta do equilíbrio nos primeiros lugares: «É bom que nos últimos anos exista tanta competitividade e que se possa decidir o Campeonato na parte final. Assim existe muito mais incerteza até ao final, mais suspense e, por isso, mais competição.»

@Jornal ABOLA
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.