Sporting empresta Gauld e Geraldes ao Chaves

A dupla de jogadores segue agora para o Chaves


Ryan Gauld e André Geraldes vão jogar a segunda parte da temporada 2016/17 ao serviço do Chaves, solução encontrada pelo Sporting que ontem decidiu interromper o empréstimo desta dupla de jogadores ao V. Setúbal, decisão que gerou enorme polémica no dia seguinte à eliminação dos leões da Taça da Liga aos pés da formação sadina.

Recorde-se que tanto a jovem promessa escocesa como o internacional jovem português iniciaram a época em Setúbal, mas um desentendimento entre os clubes levou o Sporting a antecipar o regresso Gauld e Geraldes. Curiosamente ambos seguem agora para Chaves, adversário do Sporting nos quartos de final da Taça de Portugal.

A decisão do Sporting, segundo fonte leonina, foi tomada após elementos da sua comitiva terem sido "alvo de ameaças e ofensas por parte de dirigentes do Vitória", que terão ferido uma relação entre as partes que já não andava famosa desde a recusa de Fernando Oliveira, presidente dos vitorianos, de aceder à solicitação dos leões para a não utilização de Geraldes e Gauld no jogo da Taça de Portugal, a 14 de dezembro último: ambos foram titulares, sob a justificação de o pedido ter sido feito às 12h00 do dia do jogo. Uma alegada quebra da promessa do V. Setúbal de não acionar o montante previsto pelo mecanismo de solidariedade da FIFA na transferência de João Mário também terá contribuído para este desfecho.

Por seu lado, Fernando Oliveira lamentou o sucedido a O JOGO, mas remeteu um eventual corte de relações para futura reunião da Direção. "As relações entre os clubes vão ser analisadas e vamos tomar posição sobre o assunto", disse, lamentando uma decisão que considerou vingativa: "Após o jogo da Taça de Portugal, Jesus garantiu-me que os jogadores ficavam mais seis meses. Depois do jogo da Taça da Liga, um dirigente do Sporting fez a mesma garantia. Isto só pode ter sido vingança."

Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens
@Jornal OJOGO
Share on Google Plus

About Smile Brain