Sporting diminuiu passivo em quase 90 milhões na 'era Bruno de Carvalho'

Presidente leonino fez o balanço das contas do clube ao longo do seu mandato.


O Sporting divulgou, na passada  sexta-feira, as contas consolidadas do exercício que terminou em Junho de 2016, ainda não aprovadas em Assembleia Geral.

Bruno de Carvalho justificou a decisão nas redes sociais pelo facto do clube estar em “tempo pré-eleitoral”, pelo que “os sócios devem ter acesso a toda a informação” para evitar “algumas mentiras sobre a real situação do Sporting”.

O presidente leonino destaca a “forte redução dos passivos totais consolidados”, na ordem dos 87,7 milhões de euros, ao longo do seu mandato: “Passam de 442,7 milhões de euros em junho de 2013 para 355 milhões de euros em junho de 2016”.

“Esta diminuição dos passivos consolidados está associada a um aumento dos ativos consolidados de 178,2 milhões de euros em junho de 2013 para 180,1 milhões de euros em junho de 2016. Sendo de salientar que o valor do plantel nestas contas não reflete de forma alguma o verdadeiro valor do mesmo uma vez que não é possível refletir contabilisticamente a valorização dos atletas”, sublinha.

Bruno de Carvalho destaca, ainda, “o facto de hoje a maioria dos passes dos jogadores pertencer ao Sporting, o que não acontecia a 30 de junho de 2013”, assim como a redução de 76,7 milhões de euros na dívida líquida e a “melhoria da situação líquida consolidada em 89,6 milhões de euros”.

“Orgulho-me muito do trabalho feito pela equipa que lidero. Aqui não entram ainda, por exemplo, as duas maiores vendas de sempre da história do Sporting – João Mário e Slimani – uma vez que foram realizadas já no exercício em curso. Mas estes factos são também a prova de que o Sporting Clube de Portugal, é minha convicção, está no rumo certo”, termina.

Por Carlos Pereira Fernandes
@Noticias ao minuto

Share on Google Plus

Sobre Carlos Martins

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: