Só há no Sporting um verdadeiro leão de raça, de seu nome Paulinho





"Efetivamente, algo está mal, ou melhor, não está nada de feição, em redor da equipa profissional de futebol do Sporting, perante a euforia que se verificou desde do início da época de 2015/16, aquando da ida do "mágico" da táctica do Benfica para o Sporting, senhor Jorge Jesus."


"E é verdade, sem qualquer tipo de ironia, pois é sem dúvidas um dos melhores técnicos do futebol português, pois só é pena algumas vezes não se conter um pouco mais na sua linguagem. Mas tenho que aceitar que condiz com o seu ADN. Desde aquela época, em que o senhor presidente Bruno de Carvalho conseguiu a sua maior transferência de então, com uma das maiores e mais sonantes aquisições que assistimos, a do citado técnico, e que a chama das vitórias de títulos, iria voltar a sentir e a começar logo naquela época, invadindo no seio da 'família' sportinguista a esperança que a nova era iria dar frutos. Promessas feitas, e obviamente próprias de um autêntico líder, desejoso e com fortes ansiedades, por ver um Sporting campeão, o que infelizmente não tem vindo a acontecer."

"Contudo, não nos podemos esquecer que a 2.ª volta vem aí e vamos ter pela frente a disputa de 51 pontos e tudo pode ainda ser possível. Há muitos pontos para conquistar e quiçá para perder, entre todos os emblemas desta Liga NOS e nada está ainda perdido. Foi então no início dessa época essa a mensagem que fora transmitida para a massa adepta e sócios do emblema de Alvalade, incutindo esse desejo ao sempre igualmente ambicioso técnico Jorge Jesus, que como qualquer técnico tem o desejo e ambição de todos, a vitória. Mas infelizmente não tem vindo a acontecer, tendo o técnico Jorge Jesus somente ganho uma Supertaça Cândido de Oliveira na sua primeira época ao serviço do Sporting. Este ano, a Taça da Liga-CTT já foi."

"A participação nas competições "uefeiras" foi um fracasso total, para não afirmar uma desilusão. A Liga NOS parece uma miragem e, por último, ontem em Chaves, a esperança de poder conquistar um título esfumou-se por completo na visita ao reduto do Chaves, naquela que foi mais uma visita no espaço de três dias a terras transmontanas e este jogo a contar para os quartos-de-final da prova rainha do futebol português, que é a Taça de Portugal. E assim o Sporting, ao ter perdido por 1-0, fica pelo caminho, perante a garrida e sempre difícil equipa flaviense que já tinha eliminado o FC Porto nesta mesma competição. Serão o presidente Bruno de Carvalho e Jorge Jesus os principais obreiros do descalabro que o Sporting tem vindo a sofrer? E todo o staff técnico, e como não podia deixar de ser, claro, os jogadores? No meio desta nau sem governo provavelmente ainda haverá mais culpados (quero dizer inimigos contra o clube de Alvalade) do fracasso destas duas épocas do Sporting."

"Será que os jogadores têm já as suas cabeças concentradas para outras andanças, e que alguns deles não sentem com tanto orgulho verdadeiro e peso de representar uma instituição como é a do Sporting? Será que a pressão exercida no final do jogo da 17.ª jornada, quando o Sporting ao empatar com o mesmo Chaves (2-2) não soube aproveitar, para encurtar caminho na tabela classificativa, aquando do pequeno deslize do Benfica perante o Boavista, horas antes no reduto das águias. E quando o presidente Bruno de Carvalho foi ao balneário e 'encostou' os seus jogadores contra a parede, pedindo-lhes mais atitude, provavelmente terá deixado marcas importantes em alguns jogadores."

"Que ontem, no jogo de Chaves, foi notória no campo, o peso da chamada de atenção, pois falharam por completo um jogo mais do importante para todos. Contudo, e no meio deste reino de confusões e incertezas quanto ao futuro de todos que fazem parte do plantel e o ambiente que se deve respirar no balneário do Sporting, só um elemento escapa a este descalabro, o sempre dedicado e querido por todos os sportinguistas, o técnico de equipamentos de seu nome muito simples, tal como ele, o Paulinho."

"Esse, sim, o verdadeiro Leão, que merece na verdade todas as alegrias que lhe possam presentear… Este sim um verdadeiro Leão de raça e de humildade, em que os restantes elementos, dirigentes, técnicos e jogadores deviam pôr os olhos e segui-lo, não só pela sua humildade mas pela sua grande dedicação e amor que sempre demonstrou ao longo dos anos ao serviço do Sporting ."

Autores: Mário da Silva Jesus, 63 anos, Codivel 
@Record.pt
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: