Núcleo Sportinguista da Nazaré alerta: «Foram Gauld e Geraldes que quiseram sair de Setúbal»



Núcleo Sportinguista da Nazaré afirmou na sua página oficial do Facebook que o meio campista escocês e o lateral direto português rejeitaram continuar no Vitoria de Setúbal depois do "comportamento incorreto" dos seus antigos colegas sadinos. 


O Núcleo situado no Litoral Oeste rejeita o que diz "Serem mentiras" e fala ainda que "entendemos ser um espaço de Sportinguismo e de afirmação do Sporting Clube de Portugal, vimos dizia, repor a verdade".

Aqui fica a posição oficial do Núcleo Sportinguista da Nazaré.

"Para conhecimento de todos os Sportinguistas fazemos saber que os jogadores do Sporting emprestados ao Vitória de Setúbal, logo após o jogo que determinou o afastamento do Sporting Clube de Portugal da Taça Lucílio Baptista, e motivados por alguns comportamentos menos correctos de Directores do Vitória e também de alguns Colegas de Equipa, transmitiram ao Presidente Bruno de Carvalho que não aceitavam continuar emprestados ao dito Clube. Neste contexto, não restava alternativa ao Presidente Bruno de Carvalho que não fosse a aceitação dessa renúncia. Por este facto vimos aqui neste fórum que entendemos ser um espaço de Sportinguismo e de afirmação do Sporting Clube de Portugal, vimos dizia, repor a verdade, e manifestar o nosso repúdio pelas mentiras propaladas pelos mesmos de sempre, que mais não fazem do que perpetuar o seu poder através da mentira que é hoje o futebol português, procurando permanentemente denegrir a imagem daquele que os afronta e desmascara todos os dias e que se tornou para eles por isso mesmo o alvo a abater. Não nos enganemos, somos nós enquanto Sportinguistas e amantes do nosso Clube que devemos em primeiro lugar perceber onde estávamos à quatro anos atrás e onde estamos hoje à custa do trabalho de Bruno de Carvalho, pois nunca tivemos um Presidente tão determinado em conseguir que o Sporting Clube de Portugal consiga com VERDADE DESPORTIVA a hegemonia do futebol português, sabemos que não é fácil atingir esse desiderato, pois vivemos hoje no futebol um estado de falta de vergonha, de corrupção, de favores e amiguismo de que não há memória. Não basta hoje no futebol sermos os melhores, é preciso também dominar outras áreas que estão apenas controladas por outros, e que à custa desse controle vão jogando sozinhos a seu belo prazer e sem oposição. É preciso unirmos a Família Sportinguista e não embarcarmos na conversa de comentadores e paineleiros sem carácter, que em conjunto com o grosso da Comunicação Social, fazem parte da estratégia que vai mantendo este estado mentiroso a que o futebol português chegou, não consigo perceber como é que certos árbitros depois de apitarem condicionados pelo poder instalado conseguem olhar-se no espelho, ou sequer olharem os filhos nos olhos sem sentirem repulsa de si próprios. Mas enfim, é o futebol que temos...
Força Bruno de Carvalho
Viva o Sporting.
Saudações Leoninas"

Por Cortina Verde




Share on Google Plus

About Smile Brain