Hugo Viana continua a acompanhar o "seu" Sporting: «Espero que lute até ao fim»

"Adeptos vão para o estádio mais preocupados com o árbitro do que com a equipa", lamenta o ex-jogador de 33 anos.


Aos 33 anos, Hugo Viana deixou o futebol, após cerca de dois anos nos Emirados Árabes Unidos, onde representou Al Ahli e Al Wasl. Em entrevista ao jornal O Jogo, o antigo internacional português justifica a decisão com o facto de pautar a sua “vida por valores diferentes” daqueles que se praticam no futebol atual.

“Infelizmente, todas as semanas oiço muita gente a falar, por exemplo, de arbitragem, dos erros dos árbitros. Acho um exagero, uma falta de respeito com quem tenta desempenhar a sua profissão de forma honesta. Os dirigentes deviam estar mais preocupados com o que se passa dentro das suas casas e não com o que se passa na casa do vizinho. Os adeptos vão para o estádio mais preocupados com o árbitro do que com a equipa que têm de apoiar”, lamenta.

Ainda assim, Hugo Viana continua a acompanhar o futebol português, com especial atenção ao ‘seu’ Sporting. O agora ex-jogador antecipa “uma luta até final”, graças a Jorge Jesus, que considera “um treinador muito bom”.

“Já vimos noutras circunstâncias que é possível recuperar. Espero sinceramente que o Sporting consiga anular o atraso que tem para o Benfica e conquiste o título”, atira, não poupando, ainda, nos elogios a Gelson Martins.

“Mais cedo ou mais tarde, vai sair. É um jogador muito, muito bom. É excelente. Terá como destino um clube estrangeiro, claro, não tenho grandes dúvidas sobre isso”, rematou.

Por Carlos Pereira Fernandes
@Noticias ao minuto
Share on Google Plus

Sobre Carlos Martins

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: