Bacelar Gouveia não estará em qualquer lista para as eleições.

Jorge Bacelar Gouveia, atual Presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting, não estará em qualquer lista de Bruno de Carvalho para as eleições marcadas para o próximo dia 4 de março.


O ainda dirigente revelou esta quarta-feira em comunicado que fará quinta-feira a sua última reunião como máximo dirigente do conselho fiscal e disciplinar dos leões, assumindo também que não estará em qualquer lista para as próximas eleições.

"Amanhã presidirei à última reunião do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD) do Sporting Clube de Portugal deste mandato do quadriénio 2013-2017, não sendo candidato a qualquer órgão social do Clube nas eleições agendadas para 4 de março de 2017."

Quero deixar uma palavra de agradecimento a todos os sportinguistas que, tendo ou não tendo votado em nós, nos deram a confiança para cumprirmos a nossa missão nestes quatro anos de trabalho e que com o seu apoio sempre acreditaram que os membros do CFD tinham a capacidade necessária para se desincumbir das complexas e espinhosas tarefas que os aguardavam.

Volvidos quatro anos, estou em crer que não os desiludimos e foi muito o que se fez, melhor ou menos bem: colaboração na reestruturação financeira do Clube, à beira da falência; acompanhamento constante da atividade financeira do Clube, pela emissão dos pareceres sobre contas e orçamentos; aconselhamento no processo da auditoria de gestão referente às duas últimas décadas, terminada e apresentada aos sócios; realização de diversos processos disciplinares, alguns dos quais com a condenação dos respetivos arguidos; finalização de um regulamento disciplinar (que o Clube não tem) remetido ao Presidente da Assembleia Geral para ser submetido à aprovação dos sócios na primeira oportunidade.

Foram 44 reuniões, e muitos outros momentos informais, este decerto o CFD que mais vezes reuniu na história do Clube, e que amanhã aprovará um relatório sobre a sua atividade, para assim "prestarmos contas" ao soberano Povo do Sporting.

Permitam-me, nesta curta declaração, deixar alguns agradecimentos específicos:

- a todos e a cada um dos colegas membros do CFD, que há quatro anos foram eleitos em três listas diversas, a lealdade, o empenho, a franqueza e a liberdade de pensamento - o que é próprio da alma sportinguista - que demonstraram em todas as atitudes, assim construindo um resultado de unidade e coesão de um órgão com competências muito diversas e sobretudo bem delicadas em aspetos financeiros e disciplinares;

- aos funcionários que ajudaram a atividade do CFD, do Secretariado e do Gabinete Jurídico, a disponibilidade, o zelo e a competência que em muito auxiliaram o êxito do nosso mandato;

- aos restantes órgãos sociais, Conselho Diretivo e seu Presidente, Dr. Bruno de Carvalho, Mesa da Assembleia Geral e seu Presidente, Comendador Jaime Marta Soares, e Conselho Leonino, em todos os seus conselheiros, a cooperação e o empenho no bom exercício das nossas competências, bem como a demonstração inequívoca do respeito pela independência das nossas decisões.

Foi para mim uma enorme honra ter podido conduzir os destinos do CFD neste quadriénio 2013-2017, numa experiência de vida que certamente muito me enriqueceu e, mais importante do que isso, fortaleceu o meu Sportinguismo.

Aos Companheiros que irão continuar no CFD só posso augurar que prossigam no bom caminho que já foi desbravado e de cujo trabalho todos ficaremos imensamente gratos e orgulhosos.

Ao Sporting Clube de Portugal, "o nosso grande amor", que
continue e aprofunde o seu lema de sempre, com muitas vitórias: Esforço, Dedicação, Devoção e Glória.

Até sempre
!", lia-se no comunicado.

@DN.PT
Share on Google Plus

About Smile Brain