Núcleo Sportinguista das Caldas da Rainha com novas instalações

O Núcleo Sportinguista das Caldas da Rainha mudou da Rua 15 de maio para a Rua Capitão Filipe de Sousa, instalando-se num antigo café situado próximo da ex-Zona Agrária.


Mais espaço, maior visibilidade e possibilidade de usar o bar e cozinha existentes no local motivaram a mudança, que se concretizou na passada quarta-feira, aproveitando-se a transmissão do jogo entre Sporting e Arouca para a Taça da Liga para juntar dezenas de adeptos do clube, que viram a vitória por 1-0 e depois deliciaram-se com um repasto oferecido pelo Núcleo.

O momento contou com a presença dos presidentes da Câmara e da União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, respetivamente, Tinta Ferreira e Vítor Marques, ambos sócios do Núcleo. Também estiveram presentes o presidente do Caldas Sport Clube, Jorge Reis, e o presidente da Associação Empresarial das Caldas da Rainha e Oeste, Paulo Agostinho. O presidente do Sporting Clube das Caldas estava no estádio a ver o jogo frente ao Arouca.

Jorge Sobral, presidente do Núcleo, explicou ao JORNAL DAS CALDAS que o Núcleo estará aberto, para já, sempre que houver jogos de futebol com a participação da equipa principal do Sporting.

Para ser sócio do Núcleo paga-se um euro por mês e não é preciso ser sócio do Sporting. O Núcleo também promove excursões a todos os jogos oficiais da equipa principal. A deslocação custa dez euros para os sócios do Núcleo e doze para os restantes. As crianças até dez anos pagam cinco euros e dos dez aos dezoito anos, independentemente de se ser ou não sócio do Núcleo, o valor é dez euros.
O Núcleo tem cerca de três centenas de sócios. Integra uma secção de judo, que utiliza a sala de artes marciais do Pavilhão Rainha D. Leonor, às terças e sextas. Tem perto de 25 atletas.

Em 2017 o Núcleo completa vinte anos de existência (foi fundado em 24 de junho de 1997, tendo a primeira sede, na Rua 15 de maio, sido inaugurada em 1998 pelo presidente do Sporting na altura, José Roquette). Será preparado um programa comemorativo.
Paga uma renda de 300 euros no novo espaço, que se espera esteja sempre bem composto na altura dos jogos. Na passada quarta-feira houve adeptos leoninos que se tornaram sócios do Núcleo.

Tinta Ferreira disse ver “com satisfação” que os núcleos dos três grandes do futebol português – Benfica, Porto e Sporting – “têm grande dinamismo nas Caldas e estão com boas instalações e bem situados”. Adiantou que o Núcleo pode pedir apoio à Câmara para o investimento efetuado em obras nas instalações, até 25% da faturação.

Por Francisco Gomes
@oesteglobal.com
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: