Bruno de Carvalho não quer defraudar a onda verde, o seu orgulho

Como aconteceu no Restelo como exemplo


Bruno de Carvalho (BdC) entende que não deve entregar os destinos do clube a uma candidatura incompetente, sobretudo por existir um plano de crescimento sustentando e negociado com a banca até 2025. Para além disto, o atual líder dos leões sente-se mal por defraudar a enorme onda verde que criou em torno do clube.

Segundo fonte próxima de BdC, este é um dos seus maiores orgulhos. Mais: não desiludir os sportinguistas é algo que o mantém na rota da continuidade. Um ‘pró’ dos mais fortes, aliás. O jogo de Belém, o último disputado antes do Natal, foi mais uma prova sentida ‘in loco’ do apoio dos sportinguistas, que ‘invadiram’ o Restelo para apoiar a equipa quando esta se encontrava a 11 pontos do primeiro lugar à hora do jogo.

Record sabe que foram centenas as demonstrações de carinho dos adeptos. Como dizer que não a estas pessoas é algo que atormenta o líder mas que não trava o perceber que precisa de mais do que isto para defender o Sporting.

@Record.pt
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: