"A máquina de propaganda anti-Sporting e de cor bem identificável atacou de novo" - José Quintela

Editorial do "Jornal Sporting" comenta a polémica entre Sporting e Arouca, em Alvalade


A polémica entre Bruno de Carvalho e Carlos Pinho voltou a ser tema esta quinta-feira, desta vez no editorial do "Jornal Sporting".

O texto, assinado pelo diretor da publicação, José Quintela, nega que o presidente do Sporting tenha cuspido em Carlos Pinho, presidente do Arouca, invocando a "máquina de propaganda anti-Sporting e de cor bem inidentificável".

"Forjaram que o presidente Bruno de Carvalho teria cuspido no presidente do Arouca, o que teria provocado a ira daquela personagem", pode ler-se, afirmando também que a "teoria da espera do Arouca" foi "desmontada liminarmente pela força indesmentível das imagens".

O editorial faz também referência à atitude do filho do presidente do Arouca em relação à alegada cuspidela de Bruno de Carvalho. "Mas alguém de bom senso acredita que se aquele gesto tivesse acontecido não teria sido denunciado na hora pelo filho do presidente do Arouca? Estaria ele na lamentável conferência de imprensa tão sereno? Será que é um facto tão banal que só passado mais de uma semana é que se recordam dele?", lê-se.

@Jornal OJOGO
Share on Google Plus

Sobre Carlos Martins

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: