Figuras Leoninas decepcionadas com carreira na Champions League.

Universo leonino faz balanço negativo da primeira volta da Champions e esperava mais do encontro com os alemães


Litos, um dos cinco sportinguistas contactados por O JOGO, já vê a Liga Europa como um palco para uma boa campanha dos comandados de Jesus: “Vencer na Alemanha é extremamente difícil”

A derrota caseira na terceira jornada do Grupo F da Liga dos Campeões, frente aos alemães do Borússia Dortmund, deixou em Alvalade um lastro de deceção e frustração, não só pelo resultado averbado, mas, sobretudo, devido às consequências que o mesmo tem naquelas que são as aspirações do emblema da Alvalade na prova. Entre os adeptos leoninos sobressai a convicção de que as hipóteses de apuramento para os oitavos de final da competição – objetivo traçado pelo presidente Bruno de Carvalho e o treinador Jorge Jesus, ainda antes de serem conhecidos os grupos – são remotas, quando na viragem da fase de grupos da prova ainda faltam duas deslocações, a primeira já a Dortmund e uma receção ao Real Madrid, antes do encontro de fecho com os polacos do Légia Varsóvia, no qual tudo pode estar decidido, à exceção da Liga Europa.

A resignação pelo desfecho que se prevê, embora as vicissitudes do futebol e a certeza da matemática não permitam cenários definitivos, foi dada a conhecer a O JOGO por cinco sportinguistas com passado no clube, os quais, na sua maioria, sublinham que os comandados de Jorge Jesus até mereciam melhor pecúlio pontual, isto olhando para o que foram os desempenhos nos confrontos com o Real Madrid – a derrota veio nos descontos – e Dortmund, após uma segunda parte reativa à desvantagem de duas bolas. Os antigos jogadores do clube, Carlos Xavier, Fernando Mendes e Litos assumem a frustração. “O Sporting merecia outra classificação e pontuação”, atira Carlos Xavier, antigo médio, que tem no ex-lateral-esquerdo, Fernando Mendes, um partidário da ideia, mas com uma dissonância: “O Sporting podia ter feito melhor com Real Madrid e Dortmund, teve as suas oportunidades.” O lamento de Litos é idêntico, ainda que o olhar para a Liga Europa seja mais forte, quando os leões estão a quatro pontos dos lugares de apuramento. “É extremamente difícil ganhar na Alemanha. O Sporting tem equipa para fazer uma boa campanha na Liga Europa”, asseverou.

Carlos Pereira, antigo treinador adjunto de Paulo Bento, em Alvalade, esperava “mais frente ao Borússia Dortmund”, daí que entenda como negativo o balanço a fazer nesta fase da competição. Rogério de Brito, dirigente da história recente no clube, lembra que é necessário “sorte e árbitro” para tentar sair de Dortmund com os três pontos. “Também tinha esperança em que a equipa fizesse um pouco mais no jogo de terça-feira”, confidenciou. É certo de que o pessimismo torna-se evidente para o que falta na competição, até porque o histórico do Sporting e Jorge Jesus na Alemanha não é famoso.

@Jornal OJOGO
Share on Google Plus

Sobre Carlos Martins

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: