Assistências na 1ºLiga: Sporting lidera no número de Espectadores.

As tendências das assistências nos estádios da Liga.


Os três «grandes» estão a levar mais espectadores aos seus estádios esta época e a inflacionar os números gerais das assistências. Essa é a principal tendência após as sete primeiras jornadas da Liga, que está de volta a partir desta sexta-feira, depois de três semanas de paragem. Na II Liga o fenómeno Famalicão continua, com números melhores que várias equipas do campeonato principal.

O Sporting lidera os números totais de espectadores, com 178.363 contra 167.169 do Benfica e 107.525 do FC Porto, sendo que tem mais um jogo em casa nesta altura que os principais rivais e também foi o único que já recebeu um jogo grande, o clássico com o FC Porto da 3ª jornada.

Em termos de média de assistências vai na frente o Benfica, sendo que ambos os rivais de Lisboa estão bastante acima dos dragões, tal como já aconteceu na época passada. De acordo com os números oficiais da Liga de clubes e contabilizando apenas o campeonato, o Benfica apresenta nesta altura uma média de 55.723 espectadores nos três jogos que já recebeu, para uma taxa de ocupação do Estádio da Luz de 86,20 por cento. O Sporting tem em média 44.591 espectadores e uma taxa de ocupação de 89.09 por cento em Alvalade. A média do FC Porto é de 35.842, para 71,64 por cento de taxa de ocupação do Dragão.

O jogo com maior assistência até agora foi o Benfica-Feirense da 7ª jornada, 58.637 espectadores. O pódio da Liga é dominado pelos três jogos já disputados na Luz: o segundo é o Benfica- V. Setúbal da 2ª jornada (56.351) e o terceiro o Benfica-Sp. Braga da 5ª jornada (52.181), que se jogou a uma segunda-feira. O Sporting-FC Porto (49.399) é o quarto jogo do ranking, enquanto o primeiro encontro no Dragão surge na oitava posição e é o FC Porto-V. Guimarães da 4ª jornada, com 40.105.

Nesta altura todos os chamados grandes melhoram a sua média de assistências em relação aos números finais da época passada, sendo a subida do Porto a menos acentuada. Serve de termo de comparação e revela para já apenas uma tendência, cuja evolução vai depender do campeonato, uma vez que ao longo da época há uma série de variáveis que poderão influenciar os números.

O caso do FC Porto dá uma boa noção de como o momento da equipa é importante também no que diz respeito à presença de adeptos no estádio, pelo menos na Liga portuguesa. Na temporada passada, com o deteriorar dos resultados e exibições da equipa, as assistências foram caindo com o andar da época. Nos 10 últimos jogos em casa, apenas no clássico com o Sporting, à antepenúltima jornada, o Dragão passou a barreira dos 140 mil espectadores, chegando aos 41.316. Atingiu o mínimo da época na derrota com o Tondela à 28ª jornada, 16.297 espectadores, a segunda pior de sempre para o campeonato na história do novo estádio, atrás apenas do jogo com o Penafiel na época anterior, com 16.009. E teve outro jogo abaixo dos 20 mil espectadores, o empate com o Rio Ave que acabou por precipitar a saída de Julen Lopetegui, em Janeiro: 19.116.

O ranking da Liga 2016/17 tem na quarta posição, como é hábito, o V. Guimarães. Com média bastante superior à da época passada (17.782 contra 12.422 espectadores), mas também com um dado a ter em conta, o facto de já ter recebido o Sporting e também o Sp. Braga. Quanto ao Braga, é ainda quinto, descendo ligeiramente em relação à época passada (10.336 de média, contra 11.168), não tendo ainda recebido nenhum dos grandes. Pelo contrário, o Rio Ave surge por agora na sexta posição, mas já recebeu tanto o FC Porto como o Sporting.

Segue-se o Marítimo, com média de 5.301 sem ter acolhido ainda nenhum dos encontros com «grandes», mas ainda assim inferior aos 6.146 com que terminou a época passada. Tal como o Boavista, com 4.625 espectadores de média, contra os 5.742 finais da temporada passada, igualmente sem ter ainda jogos com os grandes para contabilizar. E depois o recém-promovido D. Chaves, a fazer um muito bom início de época, partindo para a ronda 8 na quinta posição, e a fechar a primeira metade da tabela de assistências. Num valor (4.182 de média) inflacionado no entanto pela receção ao Benfica na 6ª jornada.

Por Berta Rodrigues
@Maisfutebol.iol.pt
Share on Google Plus

Sobre Carlos Martins

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

2 comentários:

Anonymous said...

São mesmo uma comédia!!!! Mesmo com mais um jogo em casa e com um clássico , só conseguem ter mais 11000 espectadores que o S.L. Benfica !!!! Continuem a fazer rir Portugal e a Europa...

Anonymous said...

Ficam realizados ao escrever e ler um titulo que em nada consta a realidade dos factos, até porque no conteúdo do artigo mostram a contradição do próprio titulo... lagartices ou carneirices... não mudam as fraquezas!