Futre: «Tenho a certeza que os Sportinguistas se vão ouvir em Madrid»

Paulo Futre, em entrevista ao DN, dá a tática para os leões fazerem história em Madrid


Paulo Futre, sportinguista do coração e verdadeiro "quebra-cabeças" para o Real Madrid enquanto jogador do Atlético de Madrid, acha que os leões têm no experiente treinador Jorge Jesus um grande trunfo para regressarem com pontos a Lisboa, depois das derrotas por 1-0 (Setembro de 1994, Taça UEFA) e 4-0 (outubro de 2000, Liga dos Campeões) nos dois jogos realizados no Bernabéu.

Acredita que o Sporting pode obter um bom resultado no Santiago Bernabéu, ou seja, que poderá regressar a Lisboa com pontos?

O Real Madrid é uma equipa fortíssima. É o grande favorito para este jogo, o grande favorito neste grupo da Liga dos Campeões e uma das equipas com mais possibilidades de conquistar o título de campeão europeu, que até está na sua posse. Em condições normais, o Real Madrid sairá vencedor mas no futebol tudo é possível, o Sporting reforçou-se bem e não é uma equipa qualquer, também tem grande tradição no futebol europeu. Penso que não será nada do outro mundo para o Sporting conseguir regressar com um resultado positivo de Madrid e, claro, seria fantástico para o prestígio do clube e para o futebol português, em termos de ranking.

Acredita que o facto de Cristiano Ronaldo não estar nas melhores condições físicas, pois só fez um jogo, com o Osasuna, depois de cerca de dois meses afastado dos relvados, faz aumentar as possibilidades do Sporting?
Sem dúvida alguma. Estamos a falar do melhor jogador do mundo, que a qualquer momento consegue resolver um jogo sozinho. Mesmo que o Real Madrid tenha um grande plantel, o Ronaldo fez muita falta enquanto esteve de fora e possivelmente ainda não está na sua melhor forma, algo que acaba por beneficiar o Sporting.

Como analisa o atual momento do Real Madrid?

Têm três vitórias em três jogos no campeonato espanhol e na última partida com o Osasuna, a jogarem em casa, ganharam à vontade, por 5-2, mas no jogo com o Celta de Vigo, igualmente realizado no Bernabéu tiveram muitos problemas para vencer [n.d.r: triunfo por 2-1, com o segundo golo, apontado por Toni Kroos, a surgir apenas aos 81 minutos]. Se uma equipa como o Celta de Vigo conseguiu criar problemas ao Real Madrid, por que razão não poderá o Sporting fazer o mesmo ou melhor?

Na sua opinião, que jogadores do Sporting teriam lugar no onze inicial do Real Madrid?

Sem dúvida o William Carvalho, um grande jogador que poderia perfeitamente discutir o lugar com o Casemiro. O William recupera muitas bolas e dá grande ordem ao jogo do Sporting. E, claro, o Rui Patrício, que não é em nada inferior ao Kiko Casilla e ao Keylor Navas, como se viu no último Campeonato da Europa.

Que outros jogadores do Sporting poderão ter um papel importante neste jogo?

Talvez o Gelson, apesar da sua juventude. Penso que poderá aproveitar o facto do Bernabéu ser um palco tremendo e se as coisas começarem por lhe correr bem ganhará confiança e poderá arrancar para uma boa exibição. É daqueles estádios em que todos os grandes futebolistas gostam de jogar e espero que a equipa do Sporting consiga desfrutar do momento.

E comparando os dois treinadores, Zidane e Jorge Jesus, quem é melhor?

O Jorge Jesus tem muito mais experiência do que o Zidane, é um dos melhores treinadores portugueses e no mundo inteiro. Esteve em grandes clubes como o Sporting e o Benfica...

Acha que Jorge Jesus faria um bom trabalho como treinador do Real Madrid?


Claro que sim! Ele está habituado à pressão dos grandes clubes e a ter de jogar sempre para ganhar. Teria tudo para ter sucesso como treinador do Real Madrid.

Obviamente vai torcer pelo Sporting...

Claro que sim, eu quero sempre que o Real Madrid perca! Como costumo dizer, que eles percam todos os jogos por 5-4 e que o Cristiano Ronaldo marque quatro golos.

Se tivesse a possibilidade de dirigir algumas palavras aos jogadores do Sporting poucos minutos antes do apito inicial, o que lhes diria?

Diria para estarem mentalizados de que o Real Madrid irá ter mais bola mas que fizessem um grande esforço para a recuperar e que depois lhes metessem medo, avançando no terreno e trocando a bola com confiança. Se o Sporting jogar fechado, o Real Madrid mais tarde ou mais cedo marca e resolve mas se jogar aberto, embora com cuidados defensivos, poderá fazer mossa. No fundo, é jogar como o Atlético de Madrid faz contra eles: defender bem mas nunca descurar o ataque e isso trouxe-lhes alguns bons resultados nos últimos anos.

E quem poderá ter um papel importante nesse estilo de jogo?

Sem dúvida o William e o Adrien, dois jogadores muito fortes na recuperação da bola mas também na transição para o ataque. E depois é esperar por outros jogadores que possam desequilibrar na frente. Sinceramente, não estou a ver um Sporting muito fechado, amarrado lá atrás, porque é uma equipa que sabe jogar e o Jorge Jesus não é um treinador que pense apenas em defender. Acho que podemos assistir a um bom jogo.

O Sporting teve muitos reforços para a frente - Bas Dost, Castaignos, André, Joel Campbell e Markovic - mas todos chegaram em final de agosto. Este Real Madrid-Sporting poderá surgir cedo demais para eles?

Acho que não vai haver problema, porque são grandes jogadores e a maioria está com ritmo de jogo, alguns até jogaram pelas seleções. São todos jogadores de classe e muito inteligentes, por isso estão prontos para um jogo desta importância.

Em quem apostaria para a frente de ataque?

Há muito boas opções, isso ficará para o Jorge Jesus responder. Nas alas não faltam opções e para o lugar de ponta de lança também não, o Das Bost é o mais conceituado, trata-se sem dúvida de um finalizador nato, o Castaignos é um jogador com grandes pormenores e que também pode afirmar-se e o André não teve uma boa experiência no futebol europeu [no Dínamo de Kiev e no Mónaco] mas na altura era muito jovem e agora de certeza está mais maduro. E provou no futebol brasileiro que é um homem que sabe fazer golos.

O Sporting será apoiado por quatro mil adeptos no Estádio Santiago Bernabéu e o número ainda será superior devido aos sportinguistas que compraram bilhete diretamente no clube espanhol. Acredita que o rugido dos leões se fará ouvir, mesmo em clara minoria?

Não tenho dúvidas nenhumas de que os sportinguistas se irão fazer ouvir e bem. A "afición" do Real Madrid parece que está no teatro, ao contrário da "afición" do Atlético de Madrid, que faz do Vicente Calderón um inferno para os adversários. Os adeptos do Real Madrid só metem as pilhas nos jogos decisivos, o que não é o caso, por isso a equipa do Sporting vai certamente sentir-se muito apoiada.
Enquanto jogador do Atlético de Madrid, o Paulo Futre costumava fazer boas exibições contra o Real Madrid, nomeadamente no Santiago Bernabéu.

Fonte:DN
Por André Cruz Martins
Share on Google Plus

Sobre Smile Brain

Portal de informação diária relacionada com o Sporting Clube de Portugal. Artigos, Reportagens e Exclusivos relacionados com a maior potencia desportiva nacional.

0 comentários: